Viva Maria: Livro tenta responder por que a creche é uma luta só de mulheres

Mais do que nunca hoje é dia da gente ficar com a pureza e resposta das  crianças (ô saudade de Gonzaguinha), para comemorar os 28 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente. O ECA como é conhecido nasceu em 1990 e, através da Lei 8.069, vem sendo implementado a duras penas, já que seus opositores não são poucos.

 

Mas, hoje, sob a inspiração do Estatuto da Criança e do Adolescente, Viva Maria gostaria de fazer uma pergunta que mais parece provocação, mas que, na verdade, é título de um livro que foi lançado na noite de ontem (12), em São Paulo: “Por que a creche é uma luta das mulheres?”

 

Enquanto você pensa na resposta, eu entrevisto uma das pessoas responsáveis pela organização da publicação. Falo de Amelinha Teles, sócia-fundadora da União de Mulheres de São Paulo, coordenadora do Programa Promotoras Legais Populares e feminista. Seja muito bem-vinda, Amelinha! Justo no aniversário do Eca bom demais falar do direito à infância e à educação, com ênfase na educação infantil em creches. Uma história de mulheres. Por que?

 

 

 

Viva Maria: Programete que aborda assuntos ligados aos direitos das mulheres e outros aspectos da questão de gênero. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.

Source: Internacional

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial