Venezuelana é internada em Boa Vista com suspeita de meningite

Este é nono caso notificado em Roraima e o primeiro em estrangeiro este ano no estado. A paciente é moradora de Santa Elena de Uairén, cidade da Venezuela que fica a 15 quilômetros da fronteira com Pacaraima, em Roraima.

 

A mulher, que não teve idade e nome divulgados, deu entrada nesse fim de semana no Hospital Geral de Roraima encaminhada pela unidade de saúde na Venezuela para receber atendimento com febre, dor de cabeça e infecção no ouvido.

 

O caso foi informado nessa quarta-feira às Vigilâncias epidemiológicas do Estado e Município. Os exames confirmaram a infecção por meningite bacteriana, uma das formas mais temidas da doença.

 

O Médico infectologista e diretor da UTI do HGR Mauro Asato afirma que o quadro se agravou e que a paciente corre risco de morte.

 

A Secretaria de Saúde afirma que não há risco de transmissão, pois todas as precauções pertinentes ao caso foram tomadas durante o atendimento da paciente.

 

De acordo com a Vigilância em Saúde de Roraima, em 2017, 23 casos de meningite foram confirmados no Estado, dois em venezuelanos.

 

Este ano, foram notificados 9 casos suspeitos de meningite. Destes, três foram confirmados, quatro foram descartados e dois ainda estão sob investigação. Uma pessoa morreu em fevereiro em consequência da doença. A vacina é a forma mais eficaz na prevenção da meningite bacteriana.

 

O SUS oferece quatro vacinas contra diversos tipos de meningite: a BCG, a Pentavalente, Meningocócica C, a Pneumocócica. Todas estão inseridas no Calendário Nacional de Vacinação.

Source: Internacional

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial