A Policia Federal cumpriu nesta sexta-feira dez mandados de prisão em uma comunidade conhecida como Complexo das Retas, em Itaboraí, na região metropolitana do Rio.

 

17 mandados de busca e apreensão também foram cumpridos.  Quatro pessoas foram presas em flagrante. Segundo a Polícia Federal, os presos são acusados de fazer parte de uma quadrilha que pratica roubo de cargas e tráfico de drogas.

 

Um dos mandados de prisão foi endereçado a Lindomar de Oliveira Brant, conhecido como Dodô, que já está preso. Ele estava em um presídio federal mas voltou ao sistema penitenciário fluminense e a polícia suspeita que ele continua sendo chefe da quadrilha e atua mesmo de dentro da prisão.

 

A operação foi chamada de Caminho Curto. Outros 17 mandados de prisão não foram cumpridos durante a operação e continuam em aberto. De acordo com o chefe de operações da Polícia Federal, Enrico Zambrotti, os roubos de cargas protagonizados pela quadrilha tem crescido na região, que é cortada por rodovias utilizadas no transporte de produtos.

 

São registrados cerca de dois roubos por semana. Também foram apreendidas armas e drogas. Participaram da operação desta sexta-feira, 80 agentes da Polícia Federal, além de policiais militares do Batalhão de Operações Especiais, o BOPE e do Batalhão de Choque e grupamento aeromarítimo.

Source: Internacional