Profissionais da Secretaria Municipal de Saúde de Manaus, no Amazonas, vão as ruas a partir desta segunda-feira para colocar em prática um plano de ações que busca conter o avanço do sarampo na cidade. O município decretou situação de emergência no começo deste mês devido à epidemia da doença.

 

Durante seis semanas, 900 funcionários vão se revezar em equipes entre três da tarde às oito da noite, inclusive aos finais de semana para promover o que vem sendo chamado de varredura vacinal.

 

Serão intensificadas as ações de oferta da vacina, com visita as casas, em bairros considerados prioritários, em escolas e universidades, além de reforçar a imunização nas unidades de saúde.

 

A prefeitura escolheu como ponto de partida o bairro Jorge Teixeira. Com base nos critérios de notificaçõese confirmações dos casos da doença, Cidade Nova e Novo Aleixo também foram definidos como prioritários. O mesmo vale para as comunidades do Ramal do Pau Rosa, na BR-174.

 

De acordo com o último boletim epidemiológico, Manaus  tem 317 casos confirmados da doença, sendo que a capital manauara tem pouco mais de 2.200 casos ainda sob investigação. Em outros municípios 679 casos suspeitos aguardam resultado laboratorial.

Source: Internacional