O Governo de São Paulo confirmou nesta segunda-feira (1º) a liberação de um novo lote da matéria-prima para produção da CoronaVac. Ao todo, serão destinados ao Instituto Butantan mais 5,6 mil litros do insumo, provenientes da China, o suficiente para produzir 8,7 milhões de doses da vacina contra o novo coronavírus (covid-19). 

De acordo com o governo paulista, a chegada da matéria-prima está prevista para o dia 10 de fevereiro. Antes, na próxima quarta-feira (3) o Butantan receberá o primeiro lote com 5,4 mil litros do IFA (Insumo Farmacêutico Ativo), o suficiente para produzir 8,6 milhões do imunizante contra o coronavírus.  

O desembarque deverá acontecer no período da noite, no aeroporto de Viracopos, em Campinas.  

Segundo o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, as vacinas produzidas com o lote de matéria-prima que chega nesta semana começarão a ser entregues ao ministério da Saúde no próximo dia 25. Com as duas cargas de insumos, a produção local deverá chegar a 600 mil doses diárias em São Paulo.

Via ACidadeOn

Deixe seu Comentário