Inglaterra começa a aplicar multa de cerca de R$ 70 mil para quem desrespeitar isolamento, Índia chega a 6 milhões de infecções, e Angela Merkel demonstra preocupação com o aumento de casos na Alemanha.

28 de setembro, e o Brasil tem 4,7 milhões de casos por coronavírus registrados. O número de mortos pela Covid-19 no país passou de 141 mil.

A média móvel de novas mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 697 óbitos, uma variação de -5% em relação aos dados registrados em 14 dias. A média móvel de casos foi de 26.808 por dia, uma variação de -7% em relação aos casos registrados em 14 dias.

Em todo o mundo, os cinco países com mais mortes são: Estados Unidos (204 mil), Brasil (141 mil), Índia (95 mil), México (76 mil) e Reino Unido (42 mil).

Inglaterra pode multar em R$ 70 mil quem desrespeitar isolamento?

Começou a valer nesta segunda-feira (28) a aplicação de multas de até 10 mil libras (cerca de R$ 70 mil) imposta pelo governo britânico para quem testar positivo para Covid-19 e não se isolar. A multa também vale para quem não cumprir a quarentena mesmo após ter sido informado que esteve em contato com alguém com diagnóstico positivo da doença. A multa foi definida após estudo encomendado pelo governo constatar que apenas 18% das pessoas com sintomas de Covid-19 se isolaram.

Índia chega a 6 milhões de infecções do novo coronavírus?

Sim, a Índia chegou aos 6 milhões de infectados pelo novo coronavírus nesta segunda-feira, segundo o Ministério da Saúde indiano. O país é o segundo no total de casos confirmados, atrás apenas dos Estados Unidos. De acordo com o governo indiano, foram registrados 82.170 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, levando o total de infectados no país para 6.074.702. A Índia informou ainda que contabilizou 1.039 mortes no mesmo período, chegando a 95.542.

Em menos de um mês, a Índia, que é o segundo país mais populoso do mundo, com 1,3 bilhão de habitantes, bateu a marca de 4 milhões de casos (atingida no dia 5) e a de 5 milhões (atingida no dia 16).



Angela Merkel demonstrou preocupação com o aumento de casos de Covid-19 na Alemanha?

A chanceler Angela Merkel está preocupada com o aumento de casos do novo coronavírus na Alemanha e defendeu medidas para evitar que os casos de Covid-19 cresçam exponencialmente em meio às tentativas de manter a economia ativa. Em uma reunião com os integrantes de seu partido, União Democrata-Cristã (CDU), ela advertiu, nesta segunda-feira (28), que os novos casos - quase 2 mil diários atualmente - podem subir para 19,2 mil até o Natal se a tendência persistir.

"Se a tendência se mantiver como está agora, teremos 19,2 mil infecções por dia. É como em outros países", disse Merkel em uma videoconferência da liderança da CDU, segundo informou o jornal alemão "Bild".

Via G1

Deixe seu Comentário