Quatro membros de uma família que fugiram de um hotel de isolamento Covid-19 em Hamilton se declararam culpados no Tribunal da Juventude de Hamilton.

O grupo havia chegado à Nova Zelândia de Brisbane em 21 de julho para o funeral de um parente e estava isolado no Distinction Hotel em Hamilton.

Eles escaparam na sexta-feira, 24 de julho, escalando um muro no hotel em Te Rapa.

Uma mulher de 37 anos e três de seus filhos, uma menina de 18 anos, um menino de 17 e seu irmão foram encontrados pouco tempo depois.

Outro garoto de 17 anos que conseguiu chegar a Auckland mais tarde se entregou.

A mulher será condenada no final do próximo mês.

Fonte: 1News

Deixe seu Comentário