Por vingança, mulher deixa gorjeta de US$ 5 mil em restaurante nos EUA

Por vingança, mulher deixa gorjeta de US$ 5 mil em restaurante nos EUA

5 de julho de 2019 Off Por Rafael Albani

Irritada porque o namorado se recusou a comprar uma passagem aérea, Serina Wolfe usou cartão de crédito dele para doar quase R$ 20 mil. Ela foi presa e ele reportou a cobrança como fraude, mas garçonete recebeu dinheiro.

Quando Serina Wolfe teve uma briga feia com o namorado, Michael Crane, no final de junho, quem saiu ganhando foi uma garçonete do Clear Sky Cafe, onde ela foi tomar café da manhã pouco depois: a funcionária recebeu uma gorjeta de US$ 5 mil (mais de R$ 18.900).

A generosidade se explica porque Wolfe pagou a conta, de US$ 55,37 (pouco mais de R$ 210) e a gorjeta com o cartão de crédito do namorado.

A jovem estava irritada porque Crane se recusou a pagar uma passagem aérea para ela voltar de Clearwater, na Flórida, para Nova York, onde mora. Ela achou então que causar um grande prejuízo com o cartão seria uma boa forma de vingança.

Mas o plano não deu muito certo. Assim que descobriu a cobrança, Wolfe bloqueou o cartão e fez uma denúncia de fraude, o que resultou na prisão da namorada.

Ele autorizou o pagamento de apenas 10% do valor da conta como gorjeta, mas, a essa altura, a garçonete já tinha recebido o dinheiro. Segundo a polícia, se o dinheiro continuará com ela ou não, é algo que depende do restaurante e da própria funcionária.