© iStock

Quase 90 milhões de contas foram acessadas no mais recente ataque à rede social

Depois do ataque ao Facebook que deu acesso a cerca de 90 milhões de contas aos hackers, era uma questão de tempo para saber se os responsáveis iriam se aproveitar da situação. Segundo o The Independent, contas de usuários estão sendo comercializadas na deep web, por valores entre 3 e 12 dólares, com o total de contas valendo entre 150 e 600 milhões de dólares.

As transações só podem ser feitas com moedas digitais como o Bitcoin. “A informação pessoal é muito valiosa na ‘Deep Web’. Enquanto os dados roubados continuarem a ser vendidos por preços altos e equiparem os infratores com os meios necessários para realizarem ataques, pedirem resgates às vítimas, extorquirem informação ou destruírem propriedades, as organizações devem esgotar todas as medidas para detectar de forma diligente e proteger suas redes, dispositivos e usuários”, afirma o CEO da empresa de segurança SonicWall, Bill Conner.