Porteiro registra BO contra Najila por ameaça; polícia vai ao prédio

Porteiro registra BO contra Najila por ameaça; polícia vai ao prédio

11 de junho de 2019 Off Por Rafael Albani

Um dos porteiros do prédio onde vive Najila Trindade, mulher que acusa Neymar de estupro, registrou boletim de ocorrência contra a moradora por ameaça. Ele ficou cerca de uma hora na 11ª Delegacia de Polícia Civil, que fica no mesmo terreno da delegacia que investiga o caso Neymar. Enquanto ele era ouvido, uma equipe de agentes foi enviada ao prédio.

O local em que Najila mora é palco de grande polêmica desde a quinta-feira, quando a modelo reclamou que houve um arrombamento. O proprietário do imóvel e a administração do condomínio negaram o crime. Uma equipe de peritos foi enviada para o apartamento e o laudo ainda não é conhecido.

Na investigação, os funcionários do condomínio foram convocados para depor. O porteiro deixou a delegacia sem conversar com a imprensa. A equipe de agentes que esteve no apartamento retornou sem se manifestar.

O tal arrombamento é importante porque envolve uma prova fundamental para a tese de Najila, o vídeo gravado no quarto de hotel que ela ficou em Paris. Um celular foi usado para fazer as imagens da segunda visita de Neymar. Somente 66 segundos foram exibidos e mostram a modelo agredindo o atacante.

A íntegra estaria em um tablet que teria sumido depois do arrombamento. A administração do condomínio nega este crime e registrou boletim de ocorrência para comunicar a Polícia Civil deste fato.

A gravação é essencial para Najila porque o segundo advogado que a representa, Danilo Garcia de Andrade, afirmou que deixará o caso se as imagens forem entregues. Desde o registro do boletim de ocorrência, transcorreram-se dez dias e até agora a modelo não apresentou as imagens.