Pm, falando a impressa sobre a criação de um fundo de investimento em questões de clima

O governo está investindo NZ $ 100 milhões em um esforço para reduzir as emissões de gases de efeito estufa na Nova Zelândia, o governo dizendo que trará “dinheiro e know-how para a mesa”.

A primeira-ministra Jacinda Ardern anunciou ontem(05) o fundo, New Zealand Green Investment Finance Ltd, como parte do Acordo de Confiança e Fornecimento do Partido Verde.

“Este novo fundo de investimento é um componente importante do plano da Nova Zelândia para construir uma economia limpa, sustentável e de baixo carbono que tenha tanto emissões mais baixas quanto empreendimentos lucrativos”, disse ela.

“Ninguém pode optar por sair dos impactos das mudanças climáticas. Este fundo ajudará  as empresas a optarem pela solução (gerem).”

O ministro da Mudança Climática, James Shaw, disse que o fundo de investimento seria uma empresa comercialmente focada “que trabalhará para investir com negócios para reduzir as emissões e, ao mesmo tempo, obter lucro”.

Ele disse que a injeção de NZ $ 100 milhões foi “destinada a estimular o investimento do novo setor privado em indústrias de baixa emissão, com retornos nos anos subseqüentes esperados para pagar o investimento do governo”.

“A Nova Zelândia enfrenta uma revolução na modernização de nossa economia e infraestrutura. O New Zealand Green Investment Finance ajudará a fornecer apoio financeiro para ajudar a garantir que a atualização seja adequada ao objetivo”.

Ao anunciar o plano, a PM. Ardern refletiu sobre o quanto a opinião pública mudou durante sua década no Parlamento.

“Desde o momento em que eu era um candidata político que fui vaiada pela primeira vez há 11 anos, quando falei sobre minha opinião sobre a mudança climática, pense em até onde chegamos como país”, disse ela.

“Sabemos que existem oportunidades econômicas por sermos aptos as mudanças climáticas. Nós não vemos apenas o desafio. Nós vemos oportunidade. É aqui que eu acho que a Nova Zelândia tem potencial para liderar. ”