Photo credit: Getty

O governo neozelandês disse estar preocupado com uma questão que vem sendo debatida ao longo de anos mas sem nenhum resultado efetivo. De acordo com pesquisas os moradores da Nova Zelândia estão consumindo muita bebida álcool.

A Auckland DHB está pedindo regras mais rígidas, especialmente em torno da idade legal para consumir álcool. Cerca de 15 hospitais emitiram declarações semelhantes para Auckland.

O porta-voz do Alcohol Healthwatch, Dr. Nicki Jackson, disse que os hospitais estão sob intensa pressão quando o assunto está relacionado ao consumo de bebidas alcoólicas.

“Eles sofrem um enorme ônus financeiro com o consumo de álcool e não apenas o encargo financeiro, mas também o dano ao pessoal e à violência dos agentes de emergência e coisas desse tipo”.

Um porta-voz do Auckland DHB compartilhou o sentimento, dizendo que o consumo de álcool está causando problemas em todo o espectro.”Além do impacto sobre os serviços de saúde na comunidade, tratar os danos relacionados ao álcool em nossos hospitais requer tempo e recursos significativos da equipe, incluindo segurança.

Nossa equipe de médicos e enfermeiros frequentemente enfrenta abusos físicos de pacientes intoxicados”, disse o porta-voz.”Outros pacientes são afetados, pois o tratamento de pacientes em condições menos graves é desprivilegiado para que a equipe possa atender pacientes com lesões potencialmente fatais por incidentes relacionados ao álcool, como assaltos”.

Jackson disse que não custaria muito fazer algumas mudanças significativas na política de álcool.”Estamos falando de medidas de custo efetivo, elevando o preço do álcool, aumentando a idade de compra e restringindo a publicidade e o patrocínio e isso não são intervenções extremamente dispendiosas.”

Estima-se que existam 47.000 consumidores de bebida alcoólica com potencial de cometer algum tipo de delito na área de Auckland DHB.