Liderados por Sandra Trein Machado e Sislânia Vasconcelos, um grupo de brasileiros que moram na Nova Zelândia há muito tempo e se orgulhavam de compartilhar e exibir boa música, comida e dança brasileira para a comunidade, decidiram dar corpo ao 1o Brazilian Day Festival (em 2015).


Devio a essa iniciativa, o primeiro festival já contou com opoio do Conselho de Albert- Eden/Auckland, com o COGS e da Embaixada do Brasil.


Trata-se de um evento para todas as famílias, tanto brasileiras quando estrangeiras. Neste ano, contamos com mais de 25 stands vendendo e levando para todos comidas, artesanatos e roupas tradicionais do Brasil. Além disso, durante todo o evento, o público conta com música ao vivo, performances de artistas, oficinas de zumba, samba e capoeira, apresentações de dança, um área totalmente voltada para crianças (Kids Zone) e o encerramento com um desfile de carnaval tipicamente carioca.


Este ano, por se tratar do 5o festival, teremos acontecimentos marcantes como o lançamento da primeira escola de samba da Nova Zelândia – que é a Unidos de Aotearoa, a vinda de um renomado chef – Alcindo Queiroz – trazendo mais da culinária brasileira e o sorteiro – feito pela LATAM – de uma passagem para o Brasil.


O Brazilian Day Festival é um evento gratuito, que mostra a vibrante cultura brasileira à Nova Zelândia. Em 2018 – na sua 4a edição – o Festival foi visto por mais de 10 mil pessoas, entre brasileiros e estrangeiros, durante toda a sua realização.


Este ano estamos dando início a uma nova fase do festival, o que trará mais ainda imagem positiva do Brasil para a Nova Zelândia.


Para a realização do Festival, desde o seu início, foi escolhido o Rocket Park, pois trata-se de uma área espaçosa, muito agradável, ao ar livre e com um grande parque infantil, banheiros limpos e abundância de estacionamento. Está convenientemente situado perto da saída da auto-estrada (St Luke’s), da estação rodoviária e ferroviária. Facilitando assim o acesso para todos.


Localizado na atraente área de Albert-Eden, é cercado por bairros aonde a maioria das famílias se reúne para novas experiências e diverções.