© Reprodução/TV Globo

Jesuíta espanhol radicado no Brasil, ele morava em Belo Horizonte e ficou conhecido por apresentar um quadro no “Fantástico”, da Globo

Morreu nesta quarta-feira (9), em Belo Horizonte, Oscar Gonzalez Quevedo Bruzan, o Padre Quevedo, aos 88 anos. Ele ficou famoso no Brasil no início dos anos 2000, quando apresentou um quadro no programa “Fantástico”, da TV Globo, e emplacou o bordão “Isso non ecziste”. 

De acordo com o G1, o enterro do religioso será realizado às 11h desta quinta-feira (19), no Cemitério Bosque da Esperança.

Espanhol radicado no Brasil, Quevedo morava na residência jesuíta Irmão Brandão, na capital mineira.

O quadro de Padre Quevedo no “Fantástico” se chamava “O Caçador de Enigmas” e tinha o objetivo de “desmistificar essa mentalidade mágica que envolve os fenômenos parapsicológicos”.