Matata Beach-Foto Online

O menino abriu a tenda dos pais sem que eles dessem conta e foi para o mar

Um pescador salvou um bebê de um ano e meio que flutuava no oceano, de acordo com a BBC. O estranho incidente aconteceu no dia 26 de outubro por volta das  6h15 locais, em Matata Beach, na Nova Zelândia. Gus Hutt estava acampado na praia e saiu para pescar. Em dada altura o pescador  reparou uma figura pequena que julgou se tratar de uma boneca, mas só percebeu de que era um bebê quando o mesmo gemeu.

“Até quando estiquei a mão e peguei no braço dele achei que era uma boneca”, disse Gus Hutt ao NZ Herald. “A cara dele parecia porcelana com o seu cabelo curto molhado, mas ele gemeu e pensei ‘Ó Deus! É um bebê e está vivo’”.

O pescador diz que o bebê flutuava a um “ritmo constante” e receia que se não o tivesse visto naquele momento o “milagre” teria sido uma “tragédia”.

Gus Hutt regressou à praia e alertou os funcionários do acampamento. Estes foram falar com o único casal que tinha um bebê. A mãe entrou em pânico inicialmente mas os serviços de emergência que foram chamados garantiram que estava tudo bem com a criança.

Aparentemente, o bebê escapou da tenda dos pais enquanto estes dormiam. Abriu e fechou a tenda, caminhou pela praia e foi para o mar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here